Arcano XV - O Diabo

Posted by Jorge Puente Marcadores:

Quer saber que representa e como funciona a carta do Diabo? Podemos falar muito sobre ela, mas desta vez acho melhor deixar que o próprio interessado (ele, claro!) fale um pouco sobre sua vida e suas tarefas... e como elas interferem nas nossas vidas... 


Olá, sou o Diabo. Que prazer ter você aqui, nos meus domínios, que em realidade são seus. Sim, claro, é você que está criando esta realidade... com um pouquinho da minha ajuda.
Pode estar seguro (ou segura) que farei tudo o possível por manter você no mundo da ilusão. Verdade! Você está num mundo falso, mas nem percebe. Está tão obsessionado com seus problemas, seus desejos, suas paixões que nem percebe que isso não existe. Que é você que está criando as situações. Eu só incentivo você para que o seu cárcere fique cada dia melhor e mais forte. Pode ficar tranquilo: vou ajudar você a criar um cárcere tão forte, que só um raio do céu poderá destruí-lo. É claro que você poderia sair a qualquer momento, mas não fará isso. Veja bem, as correntes que prendem você ao meu trono estão frouxas... você poderia tirá-las na hora que quiser, mas acha que não pode... e então não pode... Não existirá poder humano que o convença de que é livre, porque eu o ajudarei a criar uma fantasia tão poderosa que você acreditará piamente que está preso. Não importa quanto seus amigos tentem te convencer, você vai achar que eles são loucos e inconsequentes e que não percebem a gravidade do seu problema (ou a doçura da sua paixão... amo quando vocês se apaixonam e ficam obsessionados... são tão fáceis de manipular nesses momentos...).
Não pode abandonar seu emprego? Claro, de que vai viver? É o único emprego que existe no planeta e é seu! Eu farei de tudo para que você não reconheça seu verdadeiro potencial criativo. Você vai ficar preso naquele emprego pelo resto da sua miserável vida laboral (que, aliás, é miserável porque você assim o acredita, mas já que é isso o que quer, é isso o que terá. Nunca vai perceber que está numa realidade falsa, que seu poder Criativo, com o qual você nasceu por ser filho de Deus, permitiria que achasse outro emprego muito melhor. Mas você acredita em escassez, e eu estou aqui para convencê-lo de que isso é assim. Criarei uma realidade de escassez na sua volta e o ajudarei a sofrer. É tão bom manipular você...).
Aliás, como você pode ver, sou tudo o que você queria. Tenho todos os atributos juntos. Sou homem e mulher, anjo e demônio, humano e animal. Sou sábio, o mais sábio de todos, e por isso posso induzir você a cair na ignorância. Em realidade você não me vê por completo. Se pudesse me enxergar inteiro, tenho certeza que sairia correndo. Mas você só vê o que quer. Alguns só vêem meus peitos e acham que sou mulher (e os prendo através dos falsos prazeres...). Outros só enxergam meus braços e acham que sou homem e querem minha força. Minha força! Eu dou para eles um falso poder que os leva a ser cada dia mais brutais, só para descobrir no final que não tinham poder nenhum! Mas os que mais amo são aqueles que querem riqueza, mas só acreditam na escassez. Eu os levo a fazerem coisas absurdas e assim eles vão se prostituir por um prato de lentilhas (isso é bíblico, não sou eu que estou dizendo, foi meu Pai...), a passar por cima de qualquer valor ético, até vão matar se com isso acham que vão ter dinheiro! Vão trair seus amigos no trabalho, tudo por uma promoção ou um aumento de salário de 5 por cento! Tudo isso enquanto eu observo o seu poder criativo continuar desativado. Aliás, não é que esteja desativado: está usado na mínima potência e de forma errada. No final das suas miseráveis vidas, se tiverem sorte, vão descobrir que poderiam ter obtido tudo só através do seu poder Criativo, sem prejudicar ninguém. Mas já é tarde e ai eu ajudarei você a criar um mundo de culpa. Vai morrer soterrado em culpa e remorso, sem resolver nunca a equação.
Quer saber a solução da equação? Lá vai ela: Você é parte do Pai (ou da Mãe, como você preferir) e, portanto tem o mesmo poder de Criação dele. Você cria seu mundo, não eu. Você que cria a prosperidade e a alegria. Acredita nisso? Não? Viu como sou poderoso? Nem eu mesmo dizendo para você que o poder está em você, que o Poder é Você, nem assim você acredita em Você!
Mas vou te contar algo mais: não sou seu inimigo. Fui criado para ajudar vocês a criarem mundos de fantasia... algo assim como um videogame gigante. Era para que vocês criassem esses videogames, entrassem e saíssem deles a vontade. Mas vocês ficaram presos no jogo, achando que é realidade. Não é realidade: é um jogo! Venho dizendo isso desde os tempos da Atlântida, mas vocês estão tão obsessionados que não escutam... fazer o quê!
Para finalizar, espero que você consiga reagir. Verdade. Espero que você consiga sair do mundo da ilusão. Claro que para isso você precisa reconhecer sua verdadeira natureza divina. Caso contrário, pode até sair deste mundinho que criei para você, mas a porta leva a outro tão falso como o primeiro!
Se você não conseguir sair sozinho, fique tranqüilo. O Pai tem um método infalível para pessoas resistentes: um amigo que vocês vão conhecer na próxima carta. Chama-se o Raio de Deus e acaba com qualquer ilusão... se bem é um pouco brutal, viu? Eu, honestamente (se é que posso ser honesto, no final das contas sou o Diabo...), honestamente aconselho vocês a acharem o caminho para sua Divindade Interior e abandonar meus campos de ilusão.
Espero que você consiga.
Com carinho

O Diabo

P.S.: não esqueça que estou te esperando na próxima ilusão. Não falte!

Imagens: 
- O Diabo - Tarô Rider Waite Smith
- O Diabo - Tarô Iniciático da Golden Dawn
-O Diabo - Tarô do Círculo Ancestral


Para ir ao próximo Arcano, A Torre, clique aqui

Canal Magia da Transformação